top of page

Ministério da Educação Lança Programa Escola das Adolescências para Fortalecer Anos Finais do Ensino Fundamental

 

O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta quinta-feira (11) o Programa Escola das Adolescências, uma iniciativa inédita que visa fortalecer e aprimorar a qualidade da educação para os alunos dos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano). O programa, instituído pela Portaria nº 635/2024, reúne um conjunto de estratégias focadas no desenvolvimento integral dos estudantes nessa fase crucial da vida.

A Escola das Adolescências se destaca por sua abordagem inovadora, que coloca os alunos no centro do processo educacional. Através de uma ampla escuta nacional, realizada em maio de 2024, o MEC obteve subsídios valiosos para a construção do programa, com a participação de mais de 2 milhões de estudantes. As vozes dos adolescentes ecoaram nas diretrizes do programa, que visam:

  • Tornar a escola mais atrativa e engajadora, motivando a frequência e a permanência dos alunos;

  • Promover um ambiente acolhedor e inclusivo, onde os jovens se sintam acolhidos, respeitados e valorizados;

  • Oferecer um currículo mais significativo e contextualizado, que dialogue com os interesses e necessidades dos estudantes;

  • Fortalecer a formação docente, com ênfase em metodologias ativas e diferenciadas;

  • Promover a gestão democrática e participativa, com a efetiva participação dos estudantes, pais e comunidade escolar nas decisões da escola.

Eixos estruturantes para uma educação de qualidade

O Programa Escola das Adolescências se baseia em três eixos estruturantes:

1. Governança para a aprendizagem com equidade:

  • Implementação de mecanismos de gestão democrática e participativa, com a efetiva participação dos estudantes, pais e comunidade escolar nas decisões da escola;

  • Promoção da equidade educacional, com foco na inclusão e no atendimento às necessidades de todos os alunos;

  • Garantia de infraestrutura adequada e segura para o desenvolvimento das atividades pedagógicas.


2. Desenvolvimento profissional de professores, gestores e equipes técnicas das secretarias de educação:

  • Oferta de formação continuada de qualidade, com foco em metodologias ativas, diferenciadas e contextualizadas;

  • Apoio à implementação do programa nas escolas, com acompanhamento técnico e pedagógico;

  • Incentivo à pesquisa e à inovação na educação.


3. Organização curricular e pedagógica:

  • Elaboração de um currículo mais significativo e contextualizado, que dialogue com os interesses e necessidades dos estudantes;

  • Implementação de metodologias ativas e diferenciadas, que promovam o aprendizado por investigação, experimentação e colaboração;

  • Avaliação da aprendizagem de forma contínua e formativa, com foco no desenvolvimento integral dos alunos.


Investimento piloto para 15 mil escolas

O MEC investirá em um projeto-piloto para 15 mil escolas brasileiras, com o objetivo de testar e aprimorar as estratégias do Programa Escola das Adolescências. As escolas participantes receberão recursos financeiros e apoio técnico para a implementação do programa.


Um compromisso com a educação de qualidade para todos os adolescentes

O Programa Escola das Adolescências representa um compromisso do MEC com a educação de qualidade para todos os adolescentes brasileiros. Através de um investimento robusto e de um conjunto de ações estratégicas, o programa busca garantir que os alunos dessa fase crucial da vida tenham acesso a uma educação que os prepare para os desafios do futuro.


 

circle

 Rio Verde, GO, Brasil  • Atualizar local

Comments


BACKGROUND.png
bottom of page