top of page

Governo lança Pacto Nacional para valorizar a EJA e combater o analfabetismo.

 

Mais de R$ 4 bilhões serão investidos em ações para garantir o direito à educação de jovens e adultos.


O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta quinta-feira (6) o Pacto Nacional pela Superação do Analfabetismo e Qualificação da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A iniciativa tem como objetivo retomar os investimentos nessa modalidade de ensino e oferecer novas oportunidades de aprendizado para milhões de brasileiros.

O Pacto prevê a oferta de 3,3 milhões de novas matrículas na EJA, em todos os sistemas públicos de ensino, inclusive para estudantes privados de liberdade. Além disso, o programa Brasil Alfabetizado (PBA) será retomado, com a oferta de 900 mil vagas para alunos e 60 mil bolsas para educadores populares.


Combate ao analfabetismo e à baixa escolaridade

O lançamento do Pacto marca um compromisso do governo federal com o combate ao analfabetismo e à baixa escolaridade no Brasil. Segundo dados do Censo Demográfico de 2022, ainda existem cerca de 11,4 milhões de brasileiros com mais de 15 anos que não sabem ler e escrever.

"Os dados do Censo Demográfico de 2022 nos mostram que, em plena sociedade da informação, da tecnologia, da inteligência artificial, o Brasil tem uma taxa de 7% de analfabetismo. Os números também escancaram que o analfabetismo tem cor, raça e está marcado regionalmente. Portanto, queremos — por meio do Pacto — atacar o analfabetismo, as desigualdades e a baixa escolaridade brasileira", afirmou o ministro da Educação, Camilo Santana.


Ampliação de programas e parcerias

O Pacto Nacional pela Superação do Analfabetismo e Qualificação da Educação de Jovens e Adultos prevê a ampliação de diversos programas já existentes, como o Projovem Urbano e Campo, que ofertará um novo ciclo para 100 mil estudantes até 2026.

Além disso, o Pacto estimulará parcerias entre redes de ensino e instituições de ensino técnico-profissionalizante para a oferta da EJA. O objetivo é que os cursos integrem a formação geral à capacitação profissional, preparando os alunos para o mercado de trabalho.


Investimento de R$ 4 bilhões

Para a execução do Pacto, serão investidos mais de R$ 4 bilhões em diferentes ações. Os recursos serão utilizados para a oferta de novas vagas, a formação de professores, a elaboração de materiais didáticos e a infraestrutura das escolas.


CadEja: plataforma para busca ativa de jovens e adultos

O Pacto também prevê a criação da plataforma CadEja, que disponibilizará dados sobre jovens e adultos não alfabetizados em todo o país. As informações serão utilizadas para ações de busca ativa e para o direcionamento de políticas públicas.


Um passo importante para a educação brasileira

O lançamento do Pacto Nacional pela Superação do Analfabetismo e Qualificação da Educação de Jovens e Adultos é um passo importante para a educação brasileira. A iniciativa tem o potencial de transformar a vida de milhões de pessoas, oferecendo-lhes a oportunidade de aprender, se qualificar e conquistar melhores oportunidades.


Fonte:

Comments


BACKGROUND.png
bottom of page